Medidas de segurança no WordPress para não perder tráfego

Você tem buscado soluções para melhorar a segurança e performance do seu site? Então este artigo e para você! Hoje vamos apresentar medidas de segurança no WordPress para não perder tráfego.

Antes de tudo, você precisa saber que sites que carregam mais rápido alcançam melhores resultados de conversão, melhoram a experiência do usuário e ficam melhores posicionados nos resultados de sites de mecanismos de busca.

Sendo assim, este é um objetivo a ser alcançado e investir em segurança pode auxiliar na otimização do carregamento de seu site e, também, na quantidade de acessos recebidos e aqui vai  um ótimo tutorial de caso caso você precise de dicas de como como criar um blog em WordPress.

Configure o bloqueio de limite de tentativas para fazer login

Um recurso de bloqueio limitando o número de tentativas de login pode resolver um enorme problema, pois você não será mais possível tentar milhares de senhas para logar.

Sempre que alguém tentar hackear com senhas erradas e de forma repetitiva, o site ficará bloqueado e você será notificado dessa atividade não autorizada.

Você pode utilizar plugins específicos para configurar este bloqueio. Atualmente, existem diversas opções de plugin para esta finalidade, como o iThemes Security e o Login LockDown.

O plugin iThemes Security é um dos melhores plugins para bloquear limites de tentativas de login. Com este plugin você pode especificar um certo número de tentativas de login, e após o limite de tentativas ser atingido, o plugin proíbe acessos do endereço de IP do invasor.

Uma outra alternativa é usar o plugin Login LockDown. Este plugin for criado especificamente para ajudar com este problema.

Utilize o e-mail como login

Muitas empresas criam usuários para que cada pessoa tenha acesso a determinada ferramenta, mas a opção mais segura é utilizar o e-mail para fazer login no WordPress.

Usar um ID de email em vez de um nome de usuário é muito mais seguro, pois os nomes de usuário são fáceis de prever, enquanto os IDs de e-mail são intransferíveis.

Além disso, qualquer conta de usuário do WordPress sempre é criada com um endereço de e-mail exclusivo, tornando-se um identificador válido para iniciar a sessão.

Para esta questão, você pode utilizar o plugin Login por Email do WordPress, ele funciona muito para isso e não requer nenhuma configuração para ser instalado – o que facilita sua utilização. Este plugin passa a funcionar logo após a sua ativação.

Altere sua URL de login

Algo que poucas pessoas conhecem é a alteração da URL para que um login possa ser realizado. Porém, é algo muito simples de ser feito, e oferece mais segurança no acesso à conta também.

Quando você renomeia sua URL, você restringe a entrada de alguém mal intencionado na página de login, pois se hackers tiverem conhecimento da URL de sua página de login, eles podem tentar logar com um banco de dados de nomes de usuário e senhas e realizarem milhões de combinações para acessar.

Para evitar isso, você pode utilizar, mais uma vez, o plugin iThemes Security e somente alguém com a URL exata pode logar no WordPress. Você pode alterar, por exemplo, wp-login.php para algo único, como my_new_login.

Dê atenção às suas senhas

Você deve mudar regularmente as senhas do site e, principalmente, definir padrões com senhas fortes para dificultar que alguém descubra facilmente as senhas de acesso. Lembre-se de nunca utilizar datas ou números de telefone em suas senhas.

Para que sua senha seja forte, o ideal é que ela contenha a partir de seis dígitos e que você adicione letras maiúsculas e minúsculas, fazendo combinações com números e caracteres especiais.

Proteja o painel administrativo

No WordPress, uma parte essencial para a segurança do seu site é o diretório wp-admin. Este diretório é o centro de informações, uma espécie de “coração” do site, e se ele for violado todo o site pode ficar danificado.

Uma das medidas de segurança no WordPress para não perder tráfego é proteger com senha o diretório wp-admin, assim, o proprietário do site pode acessar o painel exibindo duas senhas: uma para proteger a página de login e a outra a área de administração do WordPress.

Se os usuários do site forem obrigados a acessar algumas partes específicas do wp-admin, por exemplo, você pode desbloquear essas partes enquanto mantém bloqueado todo o restante.

Para proteger seu painel administrativo, você pode usar o plugin AskApache Password, ele gera automaticamente um arquivo .htpasswd, criptografa a senha e configura as permissões de segurança do arquivo.

SSL para criptografar dados

É imprescindível que seja implementado em seu site um certificado SSL (Secure Socket Layer). O SSL protege o painel de administração e garante a transferência segura de dados entre os navegadores dos usuários e o servidor, dificultando a invasão de hackers e a manipulação de suas informações.

Para obter um certificado SSL para o seu site WordPress, você pode comprar diretamente de empresas de hospedagem de sites dedicadas ou até mesmo mesmo utilizar um Certificado SSL gratuito. A escolha vai depender dos recursos necessários para você.

Um outro fator que determina a importância do certificado SSL, é que ele também afeta o posicionamento do seu site no Google. Isso porque o Google classifica sites com SSL superiores aos que não possuem, ou seja, significa mais tráfego para o seu site.

Faça backups de seus arquivos

Por mais que o seu site tenha os melhores recursos de segurança, alguns cuidados nunca devem ser descartados, pois há sempre melhorias a se fazer. Sendo assim, é recomendado realizar backups regularmente.

Mantenha o backup longe de seu servidor original e restaure seu site WordPress para uma outra estação de trabalho sempre que julgar necessário. Existe uma grande quantidade de plugins que podem ajudar a esse respeito.

Uma solução, um pouco mais custosa, é o plugin VaultPress, da Automattic. Com este plugin você pode restaurar facilmente o seu site se tiver algum problema ou se alguma ameaça acontecer, tudo em poucos cliques.

Além disso, ele também verifica o site em busca de malware e emite um aviso se alguma coisa suspeita ou anormal estiver acontecendo.

Uma outra opção é utilizar o site DropMySite, é uma solução mais simples, porém que pode ajudar bastante também. Ele faz backups diários do banco de dados e dos seus arquivos, e pode restaurar facilmente seu banco de dados caso você precise.

Se você preferir, pode optar por uma empresa de hospedagem de sites que oferece planos com backups diários automáticos, você não precisa se preocupar com nada que todos os dias os seus arquivos estarão salvos.

Proteja sua configuração de hospedagem de sites

Em geral, as empresas de hospedagem de sites afirmam fornecer um ambiente otimizado para o WordPress, mas antes de efetuar uma contratação é importante se atentar a estes recursos oferecidos para que as medidas de segurança no WordPress para não perder tráfego sejam, de fato, eficientes.

Firewall para WordPress

Adicionar um Firewall de aplicação ao seu WordPress é uma medida que vai proteger seu site de ataques comuns. Atualmente, não há nada mais eficiente e completo que o novo conceito de Firewall para web, o WAF (Web Application Firewall).

O WAF para WordPress é um filtro de acesso ao seu servidor de hospedagem, que aplica um conjunto de regras antes mesmo do possível ataque hacker chegar ao seu servidor. Isso reforça a segurança do seu site.

O Firewall para WordPress é altamente recomendado. Sua contratação pode ser realizada individualmente ou como parte integrante dos serviços disponibilizados por uma empresa de gerenciamento de servidores.

Restrinja a edição de arquivos

Qualquer usuário com acesso ao painel de administrador do WordPress pode editar quaisquer arquivos que façam parte da instalação, inclusive todos os plugins e temas instalados. Mas você pode restringir este acesso e não permitir que seja realizada a edição de arquivos do site.

Mesmo que um hacker consiga obter o acesso de administrador ao seu painel do WordPress, ainda assim, não conseguirá modificar nenhum arquivo. E, para incluir esta medida de segurança, basta uma ação muito simples.

Você deverá adicionar no final do arquivo wp-config.php: define(‘DISALLOW_FILE_EDIT’, true). Pronto, seus arquivos já estarão protegidos.

Conexão com o servidor

Durante a configuração do seu site é preciso conectar o servidor ao FTP. Muitas empresas e profissionais de tecnologia, têm preferido o SFTP ao invés do FTP tradicional, devido aos recursos de segurança que não são atribuídos ao FTP.

Mas independente da opção escolhida, esta medida é essencial para garantir a transferência segura de todos os arquivos do seu WordPress. Você pode fazer isso manualmente ou contar com a ajuda de sua provedora de hospedagem.

Conclusão

A preocupação com a segurança do seu site deve estar entre suas maiores preocupações com o seu negócio, pois este fator, pode determinar a performance de seu site, ainda mais atualmente, quando ataques hackers e roubo de informações na Internet estão cada vez mais comuns.

 

No entanto, você pôde perceber que há uma variedade de opções que podem auxiliar você a tornar seu site mais seguro e com tráfego elevado e importância da sua hospedagem de sites neste processo.

 

Tenha em mente também que sites com sistemas de segurança de última geração são invadidos vez ou outra, como o Pentágono, Nasa ou qualquer outro sistema operacional desse nível.

Portanto, se algum hacker especialista decidir invadir o seu site, dificilmente ele não conseguirá fazê-lo, mas essas medidas vão prevenir algum amador que deseja brincar com o seu serviço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *